Na Sibéria não tem nada disso (4)

(minissérie em seis capítulos)

O PIOR AINDA ESTAVA POR VIR

As coisas pareciam, finalmente, ter mudado. Enviaram para mim um novo número de usuário, que surpreendentemente dispensava os demais dados. Deve ter sido o equivalente à invenção da penicilina para eles. E a internet ficou um tempo sem cair. Mas quando voltou a cair…

– (otário) Boa tarde. Minha internet caiu.
– (atendente) Pois não. Qual seu número de usuário?
– (otário) É o número tal.
– (atendente) Perfeito. Aguarde um momento que vou resolver o problema.
– (otário)
– (atendente) Senhor, consta um débito em seu cadastro.
– (otário) Débito? Como assim? Eu paguei todas as mensalidades.
– (atendente) Não consta aqui o pagamento referente ao mês de janeiro.
– (otário) Como assim? Estamos em abril!!! Vocês ficam três meses sem me avisar desse débito e vão cortando?

Nesse momento, ela disse algo como “Sim, senhor. É o procedimento”. E eu, inconformado com a negligência deles, corri para a gaveta de contas, para me certificar que tinha pago essa conta. E tinha mesmo.

– (otário) Olha aqui, estou com a conta de janeiro na mão. E ela foi paga. Que história é essa de não constar o pagamento?
– (atendente) Senhor, o boleto da NET que foi enviado ao senhor não foi pago.
– (otário) Mas eu não pago pelo boleto da NET!!! Eu pago junto com o condomínio. Não tem como eu pagar separadamente!!!
– (atendente) Mas o boleto foi enviado pela NET para o senhor…
– (otário) Ou seja, para que vocês não cortem a minha internet eu tenho de pagar a mesma conta duas vezes?
– (atendente) Mas senhor, o boleto foi enviado pela NET para o senhor…
– (otário) Então é isso? Eu pago a internet em dia, mesmo assim vocês cortam a conexão e dizem que eu tinha de pagar em um boleto que vocês enviam, sendo que eu já paguei a conta?
– (atendente) Mas senhor, o boleto foi…

Não esperei a resposta, até porque já sabia qual era. Tive de ir para o Procon, enfrentar uma fila enorme. Por fim, fui orientado a ir ao escritório da NET, procurar a funcionária Bruna, entregar a ela uma cópia do boleto pago e esperar a religação automática do sinal.

Tudo isso aconteceu, como previsto, no dia 6 de abril. E, para me certificar de que não haveria novos problemas, fiquei com uma outra cópia do boleto, assinada pela funcionária.

Mas o enrosco só havia começado…

Anúncios

Tags: , , , ,

3 Respostas to “Na Sibéria não tem nada disso (4)”

  1. Ricardo Rayol Says:

    Comihgo aconteceu algo parecido com a conta do meu provedor de internet. recebi duas contas para pagar no mesmo dia. Para evitar problemas paguei a de maior valor. Para minha surpresa suspenderam meu sinal 3 meses depois sem aviso. Dei um esporro e voltou a funcionar. Acho que morar em cidade pequena tem suas vantagens eheheh

  2. Moi Says:

    Cobrança indevida tem direito a receber em dobro \o/

  3. Maitê Says:

    Viva a Sibéria!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: