Grandes momentos do jornalismo esportivo (2)

Quem tem acompanhado a novela “Palmeiras-Muricy” viu que rolou todo tipo de especulações: só faltou dizer que Muricy iria ao Verdão como auxiliar de Luiz Felipe Scolari. Para falar a verdade, essas falsas notícias em jornais nem me incomodam mais, tão frequentes se tornaram. Agora, tem gente que abusa do direito de especular.

Sinceramente: o que esperar de um site editado por um renomado apresentador de rádio e TV (Milton Neves) que publica uma matéria escrita por um jornalista, mas ao mesmo tempo cria uma enquete sobre a veracidade da própria matéria? Estamos realmente afundando.

Anúncios

Tags: , , , , ,

2 Respostas to “Grandes momentos do jornalismo esportivo (2)”

  1. Maitê Says:

    Valeu Fábio…

    Abração pro meu casal favorito de Mogi!

  2. Evaldo Novelini Says:

    Fabião, o jornalismo brasileiro, esportivo ou não, está falido. Sobre a novela em questão, sábado passado fui levar o Vítor assistir ao seu primeiro jogo ao vivo, no Parque Antártica. No intervalo da goleada sobre o Náutico (4 a 1!!!!! – melhor que isso só ver o Coringão tomar de 3 e o Santos de seis!!!!!!!!!!!!!!!!!!), vibrei com o coro que vinha das arquibancadas: “Ô Muricy, vai se foder, o meu Palmeiras não precisa de você”. Fiquei com a alma lavada, embora tenha tido de fazer um malabarismo danado para explicar para o meu pequeno, na ingenuidade de seus cinco anos, o que era o “foder” que os torcedores tanto insistiam em gritar.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: